terça-feira, 23 de agosto de 2011

Sabedoria... (Poetrix)



Sabedoria...

...Manter-se na claridade é,
muitas vezes,
esconder-se nas sombras. 
Solange Bretas

Sobejos... (Poetrix)



Sobejos...

...Sob a janela
olhos mendigam
restos de sonhos.
Solange Bretas

O Choro... (Poetrix)




O Choro...

.... Na aridez d'alma,
vago olhar,
oásis de sentimento.
Solange Bretas

Lacunas... (Poetrix)

   


Lacunas...

...Vida, 

morte, 
lembrar o que resta.


Solange Bretas

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

FUI



FUI
Acordei espalhando areias,
regando lembranças,
matando saudade.
Desenterrei jóias, tesouros.
Destravei portas, abri janelas,
abri as cortinas...
Li o passado, abri feridas,
lavei as mãos.
Mirei o horizonte,
fechei o livro,
fui viver!
Solange Bretas