quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Fica Pra Amanhã


Fica Pra Amanhã

A poesia teima em fugir,
os versos  se negam em rimar .
No ar pairam  nuvens gris
impedindo o sol de iluminar.
Não consigo sonhar,
a realidade me cobra razão.
Então, fica pra amanhã
a poesia, os versos,os sonhos
também o brilho do sol.
Quanto a razão,
vou ficar devendo essa!
 
Solange Bretas

Um comentário:

Vento disse...

Amanhã pode ser tarde demais
vive o hoje
como se não houvesse
amanhecer...

Beijo