quarta-feira, 3 de agosto de 2011

FUI



FUI
Acordei espalhando areias,
regando lembranças,
matando saudade.
Desenterrei jóias, tesouros.
Destravei portas, abri janelas,
abri as cortinas...
Li o passado, abri feridas,
lavei as mãos.
Mirei o horizonte,
fechei o livro,
fui viver!
Solange Bretas

3 comentários:

✿ chica disse...

maravilha, Solange! UM BEIJO,CHICA

Malu disse...

Hoje estou passando apenas para lhe fazer um convite.
Estou falando do www.superlinks.blog.br que é um site agregador que vale a pena visitar, pois é mais um espaço no qual você poderá publicar seus links de matérias, pois é um site sério e com critérios bem positivos.
Espero que goste da dica.
Um grande abraço

*Lulu* disse...

Linda poesia!.
Um beijo,

Luciane Mignone