quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Reflexos...

Reflexos...


...Ouço vozes no espelho,

retinem imagens de verbos

conjugados na carne.

Sangram vultos opacos

e distorssem os traços

confundindo voz e visão.

Um toque e o mundo,

vira ao avesso do verso.

Sinto o reflexo nas retinas, 

  transpassarem o espelho.

Vozes se ocultam.

olhos vagam sem quebrar a visão.

Espelho a dentro se vão

  por detrás do clarão.


3 comentários:

Vento disse...

Querida Solange

Do outro lado do espelho está o outro lado de nós, algo que não deixamos transparecer...

Há compreensão
motivação
desejo
sonhos realizáveis
e muito mais...

Tinha saudades de ler as tuas palavras, agora sim vou... mas
com palavras que guardo em mim.

Beijo

ney disse...

Muito lindo... texto, imagem e poesia. Boas Festas! Abraço/ney.

Vento disse...

Querida Solange

Bom ano novo, que os teus desejos se realizem.

Beijo