quarta-feira, 31 de maio de 2017



PERFUMES

Ainda sinto o calor
da sua voz ao pé do ouvido.
Foi só revirar o passado
e reler todos os pensamentos.
Foi só me deitar em primaveras
e todos os perfumes 
de minhas lembranças
se misturaram pelo ar.
Subiu na pele o arrepio
como vento de fim de tarde
fechei os olhos pra te ver
me peguei sorrindo
diante do espelho. 

Solange Bretas

Nenhum comentário: