sábado, 12 de julho de 2014

VERSOS FRIOS


VERSOS FRIOS
  A noite é intensa minguam luas,
cadentes estrelas se vão.
Véus serenos me cobrem
na tua ausência.
as lembranças formam
espelhos de saudades.
Ali me vejo só.
Caminho por esse universo profundo
buscando ouvir os sentimentos
um dia amordaçados.
É tão sofrido,tão cruel
esse labirinto de memórias
que me faz tremer de frio,
temer as sombras,
perder o brilho,
morrer no vazio.

Solange Bretas

Nenhum comentário: