sábado, 14 de novembro de 2009

Porvir



Sentimentos...
Serão sementes desprendidas
pelo caminhar do vento...
Tudo novo se fará
num girar de um cata-vento
ao despetalar dos girassóis
inclinados para a terra
onde fixaram seu pés.
Não mais falarão as flores,
nem cantarão os pássaros
em seus altos ninhos
antes do porvir.
Logo virá a chuva...
Regará os canteiros,
em vão não serão as cores
que tingem o arco íris...
De esperança se cobrirá
os campos pulsando vida
e tudo estará para a colheita
enquanto  existir um sentimento...
Solange Bretas

Um comentário:

Ricardo Calmon disse...

Em Profecia,emanas e sussurras vida,de intensa mulher forma texto,tu és escriba e guerreira!

te abraço e reverencio!


Viva A Vida!

Lindo seu oráculo blog!

viva a vida!

Semeei alguns girassois e lavandas,que brotaram em lindo post ,colha o que jardim de coração seu couber!

Viva Vida!