quinta-feira, 9 de julho de 2009

Só Melodia


No compasso me lanço,
toando longe, solta...
Sou pauta,
sou nota,
sou melodia.
Tocada pelo vento,
nas folhas secas,
descortinando janelas,
varrendo silêncio...
Ecoando nas veredas de tua alma...

2 comentários:

Anezinha disse...

Descortinando nossa alma, nossa imaginação com sua leve, suave e romântica poesia..
linda como vc é....
bjus
Rose

jeronimo disse...

Uma doce melodia é a sua poesia!
Parabéns, querida poetisa!
Bj!