sábado, 5 de junho de 2010

Beije-Me


Beije-Me
A água que brota
da fonte de seus lábios,
vertendo beijos molhados
aguando meu desejo,
dissolve-me em prazer.
Mata  com avidez a
minha ansiedade de beber -te
até os sentidos.
Leva-me ao céu,
dá-me a provar das estrelas
num beijo feito de lua.
Toca minha alma nua
misture minha essência a tua
Vem! Ateie  fogo ao meu desejo,
beija-me como louco
com força dessa paixão.

Nenhum comentário: