quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

HAVERÁ UMA LUZ



Ao fim do crepúscular
A noite foi só uma criança
brincando de sonhar

Desejos brotam dos sonhos
Que a alma anseia realizar
Sentir na pele o prazer do tocar

Na boca um gosto de esperança

 Que sempre há de provar.



Solange Bretas

Um comentário:

Irene Moreira disse...

Como é sempre bom sonhar, desejos são sonhos. Beijos