quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Taças Erguidas


Um brinde!
Ergamos nossas taças agora!
É hora!
As estrelas já caíram
aos nossos pés,
a lua já transborda
prateando o orvalho
em nossos lençóis.
Prove o vinho,
que embebeda a alma,
e nesse primeiro hausto
erga seu olhar no meu
que a noite será testemunha
do desejo que é único em nós.
Solange Bretas

Um comentário:

jeronimo disse...

Tim-tim!
Parabéns, querida poetisa!
Bj!