quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

De Luto


De Luto

Não veste a esperança
quem de Luto se cobre...
Há o vazio, a solidão e saudade.
Tudo novo se faz,
o ano, o dia, a dor...
Ela se foi, todos iremos,
assim passaram as estações
cairam as flores, morreu o jardim
e de luto meu céu se fechou.
Mais um começo trazendo risos,
mas não esqueceu de trazer
como folhas secas, a dor
que nos faz virar pó.

Pelo passamento de minha Tia Iolanda, 02 de janeiro de 2010. Que DEUS a receba em seus braços!

Nenhum comentário: