quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Minha Canção



Aprendi com as rosas,
a canção suave dos ventos
tocada pela brisa leve
em suas pétalas manhosas.

Aprendi com as rosas,
a dedilhar nas cordas do tempo,
a cantarolar  sussurros ao vento
e desabrochar pro horizonte.

Aprendi com as rosas,
a perfumar melodias ao sol
fazer ecoá-las do alvorecer ao arrebol
nas nuances do arco íris.

Aprendi com as rosas,
a perfeita sintonia da poesia,
a sonoridade que brada em cada verso,
o prazer de compor a minha canção .

Solange Bretas

Um comentário:

jeronimo disse...

As flores, sejam rosas, orquídeas, acácias, jasmins, lírios, dálias, margaridas...sempre trazem em sua essência um ensinamento que se manifesta através do belo. Mas, nem todos percebem.
Parabéns, querida poetisa!
Bj!