quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Palavras Perdidas


As palavras secas,
presas por um fio,
foram levadas pelo vento
que soprou aos seu ouvidos
significados de sentimentos.
Foram soltas pelo tempo
que desprezou a lei do silêncio.
Ecoarem por labirintos.
Perdidas, minguaram
sedentas nas entrelinhas.
Tornaram-se mudas,
sem sinônimos,
sem cor e sem sentido.

Nenhum comentário: