terça-feira, 15 de setembro de 2009

Adeus Felicidade


Abri a janela
Libertei a felicidade
Ela voou rumo ao seu destino
Pois andava triste cativa em meu coração.
Levou consigo o que de mim era metade,
Deixando somente uma grande saudade.
Em meu olhar deixou apenas vê-la partir
Que farei pra afagar minha saudade,
Aconchegar minhas lembranças
E fazer companhia ao vazio da solidão?
Não sei de que cor o arco íris se pintou
A felicidade levou consigo a alegria das cores
O perfume das flores, o sabor dos sabores.
O que sobrou... está no horizonte a minguar.

Um comentário:

ney disse...

Mas a poesia está viva a nos encantar. bjs/ney.